A Dieta Afrodisíaca

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

A dieta afrodisíaca permite comer uma serie de alimentos que de forma natural, ajudarão o nosso organismo a estar predisposto à actividade sexual.

dieta afrodisíaca

Em que consiste a dieta afrodisíaca?

A dieta afrodisíaca baseia-se numa serie de alimentos a que tradicionalmente se atribuem capacidades estimulantes da libido, os quais podem variar segundo a cultura de onde provem essa tradição.

Condimentar com estes alimentos uma serie de pratos para consumir durante uns dias supõe um aumento do desejo sexual. Especialmente se acompanharmos cada um dos pratos com um encontro com a nossa cara metade e unir assim as sensações sensuais do paladar com a união dos corpos.

 

Quando é recomendável a dieta afrodisíaca?

A dieta afrodisíaca não deve ser encarada como um remédio milagroso ou um substituto natural de Viagra, mas apenas como um estimulante para problemas leves de falta de desejo sexual, devido ao stress ou a qualquer outra circunstancia pontual que interfira no desejo, ou nos casos onde os anos começam a pesar na factura nessa parte da relação.

Sublinhamos que perante problemas mais delicados deverá recorrer aos especialistas.

 

Alimentos afrodisíacos

  • Amêndoas: símbolo de fertilidade centenário e que é bastante efectivo, neste caso para a libido feminina.
  • Anis: um dos alimentos afrodisíacos mais populares usado desde o Século I AC entre os povos mediterrânicos gregos e romanos.
  • Espargos: pela sua forma fálica são associados aos afrodisíacos. Em vapor o seu efeito é mais efectivo e se tomados durante três dias seguidos os seus efeitos são optimizados.
  • Chocolate: o chocolate é composto por elementos químicos que melhoram o rendimento dos neurotransmissores e o estimulante theobromine que está presente no Guaraná.
  • Ostras: o afrodisíaco preferido dos antigos romanos já no Século II AC, devido à sua semelhança com os genitais femininos.
  • Bananas: sempre se pensou nas suas virtudes afrodisíacas devido à sua forma fálica, mas a ciência avalia este fruto pela sua riqueza em potássio e vitaminas do complexo B, fundamentais para a produção hormonal sexual.
  • Ananás: utilizado na homeopatia como tratamento para a impotência.

 

Exemplo de um menu afrodisíaco

Pequeno almoço: uma taça de chocolate, um pão de forma barrado com abacate.

A meio da manhã: uma banana e um café polvilhado com canela (ambos afrodisíacos)

Almoço: uma salada com espargos e os seguintes afrodisíacos: pimento vermelha, cebola, aipo e cenouras, complementando com outros ingredientes ao seu gosto. Um prato de ostras com um pequeno copo de anis e para sobremesa uma salada de frutas com ananás, banana, morangos (afrodisíacos) com um pouco de chocolate a cobrir.

Merenda: uma sandes de guacamole (produto típico mexicano) com um pouco de pimenta preta (afrodisíaca) e outro café com canela ou uma chávena de chocolate.

Jantar: carpa grelhada com uma salada de cenoura, pimento, cebola e molho de alho. Para a sobremesa, abacaxi em calda.

Infusões: a canela, o gengibre, o ginseng, tríbulus, guaraná e a damiana são plantas que sempre foram consideradas afrodisíacas em muitas culturas.

 

O nosso conselho

A maioria dos alimentos com propriedades afrodisíacas segundo a ciência não têm uma base real, outros sim. Alguns já indicámos mais atrás. Muitos outros surgem de ideias antigas pelas suas semelhanças com partes da anatomia humana.

As dietas muito gordas ou pesadas na digestão têm um efeito contrário, pois quando nos sentimos demasiado cheios não temos vontade de fazer nada. Como dieta mais saudável, deve descansar as horas necessárias e praticar desporto, que é a melhor dieta afrodisíaca pois quando o corpo está cheio de energia, pode dedicar a energia excedente a “outras necessidades”.

Efectivamente, a velha frase de que o melhor afrodisíaco é a mente, a imaginação, está totalmente correcta. Se você e a sua cara metade tem a capacidade de criar um ambiente sensual e erótico que desperte a paixão, apenas precisa de criar alguma intimidade para que tudo aconteça com naturalidade.

Deixe o seu comentário