A diabetes tem cura?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

cura da diabetes

Já aqui falamos sobre a diabetes, uma doença que não tem idade para aparecer e é silenciosa, ou seja, os sues sintomas são muito difíceis de detectar, um deles é uma enorme vontade de dormir devido ao nível de açúcar no sangue ser elevado. Já também aqui falamos sobre uma operação para a cura da diabetes que consistia em diminuir o volume do estômago e a distância até ao intestino delgado para que a produção de hormonas benéficas à diabetes fosse produzida mais rapidamente, mas existem agora outras possibilidades para se dizer que a diabetes tem cura.

Um cientista de Harvard junto com a sua equipa descobriram que conseguiam “convencer” células do pâncreas a trocarem de identidade para produzirem insulina que destroem assim os malefícios da diabetes. Um estudo revelou que pacientes que receberem estes genes produziram cerca de 20% mais de insulina em alguns dias mas não foi a cura.

Infelizmente a diabetes tem vindo a dar muitas dores de cabeça aos especialistas e investigadores por ser uma doença silenciosa e difícil de tratar, por vezes mesmo com a ajuda do exercício físico e alimentação equilibrada os doentes sofrem. A medicação também é uma excelente aliada para levar uma vida mais regerada e tranquila mantendo os níveis de hormonas no sangue o mais estáveis possível.

Existem 3 tipos de diabetes denominadas de tipo 1,2 e por fim a gestacional. Para que possam ficar mais esclarecidos sobre este tema, fica em resumo, a diferença entre elas:

Diabetes Tipo 1: Esta ocorre mais em crianças e adolescentes. A sua causa é desconhecida e são precisas injecções de insulina todos os dias para atenuar os sintomas.

Diabetes Tipo 2: Esta é a diabetes que preenche o maior número de casos. Aqui aparece praticamente só em adultos e geralmente em pessoas obesas.

Diabetes Gestacional: Uma mulher que não tem diabetes mas que tem alta taxa de glicemia que desenvolve durante a gravidez.

Apesar dos diferentes tipos de diabetes os perigos mantêm-se, ataques cardíacos e derrames cerebrais são potenciais acontecimentos na vida de pessoas com esta doença. Contudo, a diabetes tem cura estudada e com os dias contados. Sempre que investigadores entram num laboratório para estudarem esta doença a sua cura parece estar cada vez mais perto de acontecer e de se tornar uma palavra com mais significado.

Para a ajuda na cura da diabetes existe também uma nova fórmula para equilibrar o ácido basal, mas manter este tecido em bom estado não é fácil. É lá que se acumula aquele lixo tóxico que não sai nem pela corrente sanguínea nem pelo sistema linfático. É esse lixo em conjunto com os ácidos que se formam dele que também fazem com que a diabetes seja difícil de tratar. É por esse caminho que a insulina viaja, portanto se esse caminho estiver limpo os níveis de glicose no sangue baixam.

Neutralizando os ácidos por meios medicinais podem fazer com o lema a diabetes tem cura possa ser cada vez mais verdadeiro. Aconselhe-se com o seu médico, tome cuidado e seja feliz.

loading...

Deixe o seu comentário